O poder do Chassi, Taxa de Conversão

Quando converso com a maioria dos empresários pela primeira vez, e pergunto-lhes o que eles pensam sobre a sua taxa de conversão nas suas vendas, quase sempre obtenho a resposta que a sua taxa está entre os 60% a 70%. Às vezes isso é verdade, embora na maioria das vezes não o é.

Na verdade quando avançamos com o nosso Sistema – “Testar e Medir os seus Resultados”, ajudamos os empresários a descobrir qual a sua taxa de conversão real. E surpreendentemente a verdadeira resposta, em média, está em torno dos 30%.

Testar e Medir | Coach HugoPergunto-lhe: “Está a Testar e a Medir todas as estratégias que aplica na sua empresa?

Não se esqueça: Você não consegue gerir o que não mede! E não consegue melhorar o que não é testado!

Então isso significa que apenas 3 em cada 10 novas oportunidades de negócios vão comprar à sua empresa. Agora, quando você considerar o investimento de comprar um novo cliente, o investimento de marketing que você precisa de fazer para obter o telefone a tocar ou pessoas a entrar na sua loja, ou novas visitas no seu site, conclui que 3 em 10 é uma taxa muito baixa.
Existem boas notícias! Na ActionCOACH temos 83 estratégias para ajudá-lo a melhorar sua taxa de conversão.

Neste artigo não vou ser capaz de explicar-lhe as 83 estratégias, portanto vou explicar ao longo do tempo estas estratégias no meu blog que poderá acompanhar quinzenalmente aqui.

Hoje destaco a estratégia para aumentar a sua taxa de conversão usando guiões de vendas, guiões para receber chamadas, guiões para efectuar chamadas, ou mesmo guiões para receber os seus clientes na sua loja…ou guiões para tornar as suas reuniões de vendas focadas em resultados, isto é, no fecho de venda.

Sabe quais são os 4 pontos principais que deve ter em conta ao planear um guião?

 

1. Público-Alvo…Não irá desejar comunicar com alguém que não esteja interessado no seu produto ou serviço!

2. Processo…Necessita de planear o seu processo. É pouco provável que venda artigos “grandes” e caros no primeiro passo do seu processo de venda e realmente estaria mal se não conseguir encerrar a sua venda de 50€ em dois passos ou menos.

3. Urgência… As pessoas podem deixar de comprar durante muito tempo. Se não lhes dá uma razão para agir hoje, será pouco provável que o seu guião funcione.

4. O seu foco… O seu guião necessita de estar focado no seu cliente. Se ao longo do guião você diz “eu” e “nós” é provável que aborreça o seu potencial cliente- de todo que este não é o nosso objectivo!

Os 5 passos para criar um guião efectivo focado em resultados

1. Quem (é o seu público-alvo)?

Antes de começar a escrever, necessita de identificar exactamente quem está tentando abordar.

O segredo começa aqui! Se falhar na resposta a esta pergunta, poderá estar a incorrer em gastos elevados na sua empresa.

Conhecendo o seu público-alvo, também lhe permitirá comunicar de forma efectiva para que os seus prospectos sintam confiança. Utilizar termos e frases que normalmente são utlizados pelos seus prospectos, incrementará grandiosamente a efectividade do seu guião.

2. Onde (encontrará uma base de dados de prospectos)?

Na maioria dos casos, a pergunta não é onde encontrar a lista – Pode ser que os seus prospectos lhe telefonem directamente, ou pode ser que vão directamente a sua loja, ou podem mesmo ser “atraídos” através de outras estratégias que está levando a cabo.
Se está realizando uma campanha de Telemarketing a “frio” (Cold Calling), o desafio é onde vai encontrar uma base de dados qualificada. Uma base de dados não qualificada poderá matar a sua campanha e levar ao envelhecimento prematuro da sua equipa de Telemarketing.

Basicamente existem apenas 3 formas de criar a sua base de dados…

1. Comprar uma base de dados….

É uma forma rápida, no entanto pode sair caro conseguir uma base de dados qualificada para o segmento que procura. Sempre que conseguir uma base de dados específica do seu público-alvo, a tendência é tornar o seu investimento elevado face ao retorno que definiu. O investimento está directamente proporcional ligado a especificidade do seu público-alvo. Segredo: Seja bom negociador!

2. Utilize uma base de dados de um parceiro…

Identificando uma empresa parceira não concorrente que tem um público-alvo similar ao seu, é uma estratégia efectiva de alavancagem deste processo. Unicamente tem que perguntar ao seu parceiro se este partilha a sua base de dados consigo, no entanto este método pode ser assertivo ou não.
Para “adoçar” esta parceria, pode avaliar o esforço de oferecer ao “anfitrião” que disponibiliza a base de dados uma comissão ou um incentivo por cada x números de produtos vendidos ou mesmo criar uma campanha em parceria que envolve as duas empresas.

3. Crie a sua própria base de dados…

Uma forma de compilar a sua própria base de dados é levar a cabo um sorteio. Para participar, o seu público-alvo necessita simplesmente de escrever o seu nome e número de telefone num formulário. Oferecendo um dos seus produtos ou serviços como prémio tem uma maior oportunidade de identificar apenas esse público-alvo que está verdadeiramente interessado no que você vende.

Para preparar este sorteio, necessita de ter formulários impressos ou ter um formulário online para levar a cabo esta estratégia. Existem diferentes abordagens…tudo dependerá de onde o seu público-alvo anda! Poderá ir para a porta de um centro comercial, ou publicar num jornal ou revista sem qualquer tipo de encargo financeiro. Negoceie com o responsável do jornal ou revista, destacando o impacto que o sorteio terá no número de vendas do mesmo. Poderá mesmo negociar a partilha da base de dados com a empresa, no entanto deverá de ter o cuidado com os trâmites legais em vigor no que toca a partilha de base de dados e confidencialidade do mesmo.

Lanço-lhe o seguinte desafio esta semana, dividido nas seguintes fases:

1. Testa e meça a sua taxa de conversão como por exemplo, Nº de reuniões Vs Nº de clientes novos, ou Nº de pessoas que entram na loja Vs Nº de pessoas que compram, ou Nº de telefonemas realizados Vs Nº de clientes novos.

2. Defina o seu público-alvo (Quem?- seja o mais específico possível)

3. Como vai construir a sua base de dados com base no público-alvo anteriormente definido?

No próximo artigo irei explicar os próximos passos para criar um guião de vendas focado em resultados. (Já disponível neste link)

Uma excelente semana de negócios.

Most Related Post

MindSet

Iceberg Empresarial

No último artigo, partilhei o conceito sobre a “Identidade do empresário- Iceberg Empresarial“ que ajuda a descobrir a raiz das causas dos obstáculos que o empresário lida no dia-a-dia.

Relembrando

As nossas Acções, Comportamentos e Resultados, são o espelho das nossas Competências, Crenças e Valores.

Então, qual é a parte do iceberg que tem o maior impacto nos nossos Valores?

 

Aqui é onde chegamos ao cerne da questão de muitos empresários. A sua Identidade é o factor que influencia os seus Valores. Qualquer coisa que você emparelhe com as palavras “eu sou” pode descrever a sua identidade:

“Eu sou compassivo.”

“Estou confiante.”

“Eu sou um solitário.”

“Eu sou um empresário de sucesso.”

Escolher as palavras que o descrevem a si mesmo é um longo caminho para transcrever a sua Identidade, então escolha sabiamente, e repeti-as com uma base diária!

Dica

Substitua qualquer um dos “Eu não” e “eu não posso”, trocando com declarações positivas- “eu sou”.

Ao usar as suas declarações- “Eu sou”, quer chegar à frente da sua Identidade. Muitos empresários encontram pelo seu caminho do sucesso a auto-sabotagem que é algo que nem sempre conseguimos evitar, mas usando as suas declarações- “Eu Sou”, irá ajudar a superar as suas auto-sabotagens, trazendo à sua vida quem você é, e o que você se quer tornar.
Estes são particularmente eficazes na superação do medo, e o medo, pode ser o maior mecanismo de auto-sabotagem que você nunca vai ter que lutar usando esta estratégia.

Reflicta sobre isto:

Pense em pessoas que conhece que ficam em postos de trabalho, ou em relacionamentos onde elas não estão felizes e nunca foram felizes. Porque é que as pessoas não tomam uma decisão?

O medo do desconhecido é geralmente a principal razão.

O medo são falas expectativas que parecem reais.

Normalmente, quando você tem medo de alguma coisa, a ideia é pior do que a realidade. Quantas vezes você já temeu alguma coisa, mas uma vez que está a viver a situação você percebe que não era assim tão negativo?

Isso só serve para demonstrar que a melhor maneira de superar o medo é através do conhecimento, da educação e claro através da acção.

Como podemos ver no Iceberg, a nossa própria identidade é completamente envolvida pelo nosso Ambiente.

Se você cresceu num lar onde lhe foi dito que você nunca iria ser nada na vida, você tem uma identidade completamente diferente do que uma criança que cresceu num lar com apoio amoroso.

Então, se você quiser mudar a sua Identidade, mude o seu Ambiente e envolva-se de empresários de sucesso, de pessoas de sucesso, e não de pessoas negativas que culpam os políticos, a crise, os impostos…

Em resumo, você pode trabalhar o seu caminho até a sua identidade para encontrar a raiz que causa os resultados que obtém. Depois de encontrar o nível que está afectado, comece a fazer mudanças e você vai ver uma mudança nos seus resultados!

Lembre-se da definição de insanidade

Fazer a mesma coisa repetidamente e esperar resultados diferentes! Utilize esta ferramenta para ir mais fundo e fazer essa mudança agora.

Most Related Post

MindSet

Primeiro passo para a grande mudança!

(Parte II)

Após o último artigo – Iceberg Empresarial- A Identidade do Empresário, inicio este artigo com uma imagem para tornar mais explícito este conceito.

A Identidade do empresário

Este conceito que uso nas minhas sessões de Coaching e Seminários, tem como objectivo explicar a origem dos nossos resultados, comportamentos, acções e decisões! Este conceito também ajuda a entender o comportamento dos nossos clientes, fornecedores, equipa, etc. Por outras palavras é uma excelente ferramenta para delinear estratégias de Marketing, Vendas e Teambuilding do seu negócio.

Relembrando

Quando você vê um iceberg, você só vê uma pequena percentagem real do iceberg. Apenas vê a parte que sai da água. Mas mais do que 80 por cento desse iceberg está debaixo de água, bem como a sua identidade.

 

Os 20 por cento que vemos são as nossas Acções que são baseadas em Decisões que tomamos. Essas Acções traduzem-se em Resultados que são determinadas pelos nossos Comportamentos.

Abaixo da linha de água vamos encontrar os factores que contribuem para esses Comportamentos.

Aptidões são o maior factor que contribuem para os nossos Comportamentos.

Reflicta sobre isto:

Todos nós  gostamos de fazer as coisas que estamos confortáveis ​​em fazer. Por exemplo, se você é um bom cozinheiro, você provavelmente gosta de entreter os seus amigos a degustar um excelente prato confeccionado por você. Se você é um mau cozinheiro, você prefere ir a um restaurante. Por outras palavras, podemos entender melhor como é criada a nossa zona de conforto!

Conclusão: As suas Aptidões têm uma influência directa nos seus Comportamentos.

 

O maior factor que contribui para as Aptidões são suas Crenças. Como uma criança, se você acreditava que era realmente bom a matemática e você teve uma pontuação medíocre, você provavelmente teve um mau dia nesse dia. No entanto, se você pensava que era muito mau a matemática e você tem um resultado medíocre, o seu dia não muda muito porque já esperava de qualquer forma esse resultado, portanto não o afectou significativamente.

Assim, uma Crença é algo que você assume que é verdade, mas não necessariamente um facto!

 

A Crença tem um factor multiplicador ou divisor no potencial que você tem. Esta por sua vez vai afectar as suas Acções e resultados que irão realimentar a sua Crença de forma positiva ou negativa…depende unicamente de si!

Observe o seguinte diagrama: Crença – Potencial – Acção – Resultados – Crença – Potencial – Ação – Resultados… As vezes conseguimos sucesso porque não sabemos que “aquilo” é difícil ou impossível. Não ter uma crença limitadora já é o suficiente para alcançar grandes objectivos.

Existem duas formas de alterar a Crença: um evento emocional significativo na sua vida pode acabar com uma crença, ou você pode escolher mudar uma crença. É difícil mudar uma crença e você deve reforçar continuamente a sua escolha, mas pode ser extremamente poderoso.

A sua realidade é a realidade que você cria.

 

Em seguida, os Valores têm um impacto enorme nas suas Crenças. Se o seu maior valor na vida é o sucesso financeiro, você terá um conjunto de valores que irão gerar uma série de Crenças totalmente diferente em comparação com uma pessoa cujo maior Valor é o amor. Um Valor é algo que pensa ser importante.

No próximo artigo, vou finalizar a explicação do Iceberg e explicar como pode iniciar o processo de alteração de resultados na sua empresa e na sua vida.

Termino com esta frase:

“Se você faz o que sempre fez, você obterá o que você sempre obteve.”- Anthony Robbins

Most Related Post

MindSet

A Identidade do empresário (Parte I)

Porque não alcançamos um objectivo grande ou mesmo um sonho?

Iceberg Empresarial - A Identidade do Empresário - Coach Hugo ActionCOACH

Muitos de nós temos o desafio de alcançar os resultados que marcamos. Temos sonhos, estabelecemos metas, desenvolvemos medidas de acção e implementamos planos para alcançá-los. No entanto, muitos de nós nunca alcança o que nos propusemos a realizar!

Porquê?

Uma das grandes lições que aprendi é que quando somos incapazes de realizar algo, imediatamente vamos concentrar-nos no nosso comportamento, acções realizadas e decisões, em vez de colocar o foco em ser capaz de compreender a causa do nosso comportamento. Sim, procurar a causa desse comportamento e não o comportamento em questão!

Quantas vezes você se propôs a realizar uma tarefa, sabendo que, se você consistentemente concluir essa tarefa você estará a percorrer o caminho para alcançar o resultado desejado? No entanto, você não completa essa tarefa consistentemente.

Exemplo

Como exemplo, podemos usar a minha própria procrastinação com o telemarketing que partilhou um dia um colega meu da ActionCOACH no início da minha carreira como Coach.

Eu sabia que se eu fizesse 30 chamadas eu iria entrar em contacto com 10 empresários, o que levaria a três reuniões que resultaria em um cliente novo. Portanto, tudo o que eu precisava de fazer eram 30 chamadas, conseguir falar com 10 pessoas para agendar três reuniões para ter um cliente novo. No entanto, eu não fazia isso no início. Porquê?

O resultado foi evidente…concentrei-me sobre o efeito que poderia causar essa acção, sendo incapaz de completar 30 chamadas por dia. Eu precisava de colocar o meu foco sobre o que estava a fazer para me levar a adiar consistentemente esta tarefa. Eu precisava de me perguntar, “O que me estava a impedir de realizar o resultado desejado?

Foi nesse momento que o meu colega apresentou-me o Iceberg da Identidade.

A Identidade e o Iceberg

Quando você vê um iceberg, você só vê uma pequena percentagem real do iceberg. Apenas vê a parte que sai da água. Mas mais do que 80 por cento desse iceberg está debaixo de água, bem como a sua identidade.

Quando se trata da sua identidade, as pessoas vêem uma pequena porção do que está acima da água. Essa pequena porção são as suas acções, comportamentos e decisões que o somatório destas reflectem o tipo de resultados que você obtém na sua vida e que por consequência serão reflectidas na sua empresa, equipa e família.

Titanic Vs Iceberg

Todos nós conhecemos a história do Titanic e como um iceberg a superfície da água pode cortar um casco e afundar um navio transatlântico…maior do mundo. As pessoas são como um iceberg: vemos apenas cerca de 10% do que elas realmente são – o resto esta abaixo da superfície.

Esses aspectos ” debaixo de água ” não são facilmente visíveis para os outros e muitas vezes os nossos níveis de auto-consciência não nos deixam olhar para o fundo. Eles são exactamente o que você tem que aprender a controlar e a mudar se você estiver a fazer uma grande mudança na sua vida, como por exemplo tornar-se um empresário ou empreendedor de sucesso.

É impossível mudar o que está “acima da água ” na sua identidade, sem alterar o que está debaixo de água.

As suas acções e comportamentos são espelhos das suas competências, crenças e valores. Você pode alterar as suas acções por um curto período de tempo, sem alterar as suas crenças e valores, mas, eventualmente, as velhas formas de fazer as coisas vêm sempre ao de cima no Iceberg.

Assim, como você irá fazer essa grande mudança?

No próximo artigo irei partilhar algumas estratégias para influenciar o interior do “Iceberg”, explicando como este é composto.

Reflicta como poderá realizar essa grande mudança na sua empresa, na sua vida!

Termino com esta frase:

“É a mente que oferece a saúde ou a doença

Que oferece a infelicidade ou a felicidade,

a riqueza ou a pobreza”- Edmund Spenser

Most Related Post

Controlo Empresarial, Gestão do Tempo

Quantas vezes por dia você olha para a sua lista de tarefas?

Idealmente, a sua lista deve estar sempre no centro da sua produtividade diária.

Para maximizar os seus esforços, você deve verificá-la pelo menos três vezes por dia.

Faz a lista de tarefas, mas não está “olhando” para elas?

Você faz listas, mas depois nunca mais olha para elas?

Factos:

Como muitos empresários, você provavelmente encontrará uma série de listas de tarefas antigas sobre a sua mesa que foram rabiscadas aleatoriamente em Post-Its , blocos de papel, notas no seu Ipad ou algo similar.

O que aconteceu com essas listas?

Você provavelmente não realizou essas tarefas dessas listas, e um sintoma comum dessas listas é que você nunca mais olhou para elas, ou quando olha diz para si mesmo que um dia irá realizar essa tarefa porque é importante para a sua empresa.

Se você quiser que a sua lista passe a ser uma ferramenta eficaz no seu “kit de ferramentas” de controlo de tempo, você precisa de realmente usá-la.

Você precisa de mantê-la visível e verificá-la pelo menos três vezes ao dia.

Sim, Três vezes por dia para verificar sua Checklist!

Você deve verificar sua lista num mínimo de três vezes por dia.

Estes pontos de verificação com a sua lista irá garantir que você está trabalhando nas suas prioridades e a recordar todas as tarefas que precisam ser feitas.

Se você se está a esquecer de rever a sua lista, tente configurar alertas para o lembrar de que tem que rever a sua lista de tarefas.

Dicas para o Sucesso

  1. Comece o seu dia Planeando- A melhor hora para olhar para a sua lista é a primeira hora da parte da manhã antes de fazer o que quer que seja. Identificar as tarefas que estão a quentes no seu cérebro e colocar na lista. Planeie o seu dia e determine quais serão as suas tarefas principais. Agende compromissos com as suas tarefas mais difíceis para garantir que você tem tempo para fazê-las durante o dia.
  2. Faça uma análise e correcção antes de ir para Almoço- Ao meio-dia, as hipóteses de ter sido interrompido ou ter sido confrontado com questões urgentes do dia são elevadas. Por este motivo, você pode ter esquecido alguns dos itens que estavam por realizar hoje. Verificar a sua lista ao meio-dia permite que você naturalmente corrija os seus esforços. Você pode precisar de redireccionar as suas acções para assegurar que você está trabalhando nas suas tarefas de “cobre” ou por outras palavras em tarefas “Urgentes e Importantes” em vez de tarefas “Importantes e Não Urgentes”.
  3. Análise antes do fim do dia- A última vez que você precisa de olhar para a sua lista é antes do fim do seu dia de trabalho. A distinção importante aqui é que esta tarefa deve ser antes do fim do seu dia de trabalho, e não o fim do dia, antes de ir para a cama. Esta é a sua oportunidade de finalizar as suas tarefas importantes e lembrá-lo de todas as tarefas que você tenha esquecido, e ainda assim dar-lhe tempo para resolvê-las.

Deixe sua lista trabalhar por você

Verificar a sua lista regularmente pode parecer uma estratégia elementar, mas é essencial.

No entanto, muitas pessoas vão passar o dia inteiro sem verificar a sua lista chegando ao final do dia com a sensação que trabalharam muito, mas com uma sensação estranha…sensação que trabalharam muito mas não avançaram em nada!

As Tarefas “Importantes e Não Urgentes”, quando esquecidas, transformam-se em tarefas “Importantes e Urgentes”, transformando o nosso dia numa dia reactivo e em vez de proactivo.

Assim, o foco é manter a sua lista de tarefas no centro das atenções, visitando a mesma pelo menos três vezes por dia.

Pergunta:

Você tem definido quantas vezes por dia para consultar a sua lista? Você pode deixar um comentário partilhando as suas estratégias, clicando aqui.

Most Related Post

Controlo Empresarial, Gestão do Tempo, Planeamento Estratégico

Tempo é uma das comodidades que os donos de negócios e directores gerais nunca parecem ter o suficiente.

Uma das consequências é as suas famílias sofrerem com este paradigma. Aqueles que são capazes de dedicar tempo suficiente às suas famílias, geralmente queixam-se de nunca parecerem ter tempo para assumir novas oportunidades de negócios ou mudar a situação actual da empresa.

Se é hora de mudar esta situação, e deseja criar este “feriado” tão esperado para passar com a família, trabalhar “o” negócio e não unicamente “no” negócio por forma a sistematizar áreas do seu negócio e multiplicar os seus resultados, pare agora e leia o resto deste artigo porque nunca é tarde para começar a pensar neste assunto.

Quando treino empresários e directores, uma das áreas que começo a treinar desde o início é a gestão do Tempo, com o objectivo de aliviar as tarefas ditas burocráticas ou outras, que por sua vez podem ser facilmente delegadas a outro membro da equipa.

O foco será você, e o seu tempo, pois necessita priorizar o que é o mais importante para si e para o seu negócio.

O desafio para mim como treinador é conseguir isso, sem ocupar mais do seu tempo e sem gerar mais frustração do que antes. O meu objectivo é ser visto como parte da solução para melhorar a sua gestão de tempo, portanto deixo bem claro aos meus coachees que vamos trabalhar em direcção a um resultado final e faço entender isso logo no início do programa de coaching.

Decidi escrever este artigo para partilhar consigo por onde começar e partilhar alguns dos elementos chaves para uma gestão do tempo efectiva.

Premissas básicas

Aceite o seguinte – Você nunca vai ser capaz de fazer tudo o que desejar…porque há muita coisa para fazer

Propósito – A força motriz escondida na gestão de tempo, é o foco no alcance de objectivos bem claros e específicos que geram uma riqueza efectiva a si e a sua empresa.

Quatro habilidades necessárias para usar o seu tempo com sabedoria

  • Análise
  • Planeamento
  • Delegar
  • Autogestão

O Processo para o sucesso

O que fazer?

  1. Invista o seu tempo fazendo o que é fundamental para o sucesso do seu negócio
  2. Trabalhe em tarefas que só podem ser realizadas por você
  3. Para cada tarefa coloque a seguinte questão:
    1. Qual o resultado final gerado por esta tarefa?
    2. Posso delegar?
    3. Posso adiar?
    4. Se não realizar a tarefa qual será o impacto no negócio?
    5. Qual o retorno financeiro nesta tarefa?

Após análise, tome uma decisão rápida com as seguintes opções:

    1. Executo a tarefa
    2. Delego
    3. Adio
    4. Não executo

Quando fazer?

Invista todos os dias no seu planeamento do seu tempo e organize o sei horário de trabalho que assim nunca estará trabalhando tarefas da categoria: “Não importantes”

Como fazer (Organizar)

  • Crie uma agenda por defeito para cada período – Mês/Semana/Dia – onde atribui os períodos de tempo para tipos específicos de tarefas. Exemplo: Visitar clientes, Devolver chamadas não atendidas, trabalhar “o” negócio, organizar a papelada, Ler, lazer, etc
  • Ferramentas – Excel com os dias da semana ou o outlook (Descarregue aqui um exemplo)

Como fazer (Disciplina)

  • A chave para o uso eficiente do tempo será planeando antes de executar
  • Trabalhar a partir de listas de tarefas e marcar itens com prioridade (ex: a, b , c…) Planeando

Para a Eficiência

  • Faça-o com antecedência – sexta-feira à noite ou fim-de-semana para a próxima semana, na noite anterior, para o dia seguinte em vez de manhã do dia seguinte
  • Reúna todo o material com antecedência antes de realizar a tarefa para ser mais efectivo Para a Motivação
  • Coloque o máximo de tarefas que consegue realmente fazer e marque as tarefas realizadas para ganhar mais energia enquanto executa cada uma.
  • Para grandes projectos, divida o projecto em pequenas tarefas para que possa ver o seu progresso.

Para a Eficácia

  • Para projectos grandes, deve planear ao longo de períodos de tempo com outras tarefas intercaladas

Dicas para o sucesso

  • O progresso incremental é a chave- Portanto, para projectos deve – “dividir para multiplicar”
  • Começar agora, passo a passo.
  • Realizar as tarefas mais difíceis primeiro
    • Pare de adiar estas tarefas
    • Você irá sentir-se bem….por isso….execute a tarefa
    • Você estará inspirado para fazer tudo que é necessário fazer para o dia após finalizar a tarefa que menos gosta de fazer
  • Delegue
    • Inclua uma hora marcada no seu plano para Supervisionar / Reunir com a equipa / Analisar resultados / e formar a equipa para trabalhos que você delegou
    • Não perca o hábito de delegar tarefas Se você criar o hábito de agendar tarefas importantes e não urgentes, as tarefas urgentes quase nunca ocorrerão

Se você criar o hábito de agendar tarefas importantes e não urgentes, as tarefas urgentes quase nunca ocorrerão

Como posso ajudar a ter mais tempo?

De duas formas diferentes:

  1. Escreva-me um e-mail para hmonteiro@actioncoachsetubal.com com o assunto: Gerir melhor o tempo e coloque o seu desafio que necessita de ver resolvido
  2. Participar no próximo workshop que iremos realizar- Deseja ter mais tempo? Carregue aqui!

A vida já é curta e nós a encurtamos ainda mais desperdiçando o tempo.” – Victor Hugo

Most Related Post

Empreendedorismo, MindSet, Planeamento Estratégico

Após o último artigo – “Um projecto empreendedor – Oportunidades e Perigos” – os donos de negócios perguntam-me se é verdade que 80% dos negócios novos fracassam nos 5 primeiros anos de vida. E o que se sucede aos que sobrevivem os próximos 5 anos? Qual é a principal razão que leva estes negócios a fracassar? E ainda mais importante, qual é a chave do êxito para que um negócio cresça?

Este fenómeno sucede-se por todo o mundo, e Portugal está incluído. Existem muitas razões pelas quais um negócio fracassa, mas certo é que empresa que não cresce, morre. O que move as empresas anos após ano é o crescimento. Nenhuma empresa planeia vender menos no ano seguinte, ter menos lucro ou mesmo reduzir os seus recursos, independentemente do estado económico do país onde vivem.

Somos donos de negócios e, conforme diz a palavra, somos responsáveis pelos nossos actos, decisões e respectiva pro-actividade de adaptação à mudança do ambiente sócio-económico que nos envolve. Se nos focarmos em 20% dos negócios que são um êxito, vamos perceber uma série de características. Geralmente caracterizam-se pelo seguinte:

1 – Um dono de negócio com uma mentalidade aberta e com uma natureza disposta a aceitar as mudanças que ocorrem e que se pode adaptar rapidamente.

2 – O dono de negócios que pergunta e procura conselhos de pessoas que têm experiência empresarial. Também seguem conselhos de gestores, contabilistas, advogados, inclusive de pessoas com experiência em vendas e Marketing, isto tudo para fazer crescer o seu negócio.

3 – O dono de negócios que está disposto a aproveitar as mudanças em tecnologia, progresso económico e processo de vendas.

4 – Consciência. Os donos de negócios que triunfam são conscientes das suas margens líquidas e do seu fluxo efectivo. Tomam acções imediatas para implementar mudanças nos seus negócios.

5 – Sistemas. Criam um sistema que é fácil e simples, que se pode aplicar ao seu negócio. Com a presença deste sistema, qualquer dono de negócio pode focar-se no crescimento do seu negócio.

6 – Cultura. O dono de negócios de sucesso cria um bom ambiente e uma cultura no seu negócio. A comunicação entre os diferentes departamentos deve fluir de forma efectiva, portanto o negócio terá uma Equipa sólida que trabalha unida e é produtiva não se deixando influenciar por agentes externos.

No desenvolvimento do negócio competitivo, estas seis pontos são necessários para manter o êxito do negócio. Trabalhar com um “conselheiro de confiança” que o pode assistir a si e aos seus colaboradores, para que o seu negócio possa alcançar as suas metas é outro método. Um “conselheiro de confiança” é também conhecido como um “coach de negócios”.

“Juntos, todos alcançamos mais. Não se trata apenas de sentir-se melhor. Trata-se sim de conseguir mais.” 

Brad Sugars – Fundador da ActionCOACH

 

 

 

Most Related Post

Planeamento Estratégico

O planeamento estratégico da sua empresa é importante?

No livro “O Que Não Se Ensina Em Harvard Business School, do autor “Mark McCormack, fez uma descoberta muito interessante sobre a geração de graduados de 1979 de um MBA [Master of Business Administration].

Dentro do grupo, 3% tinham os seus objetivos escritos, 13% tinham pensado em alguns dos seus objetivos, e o resto estavam apenas feliz por terem finalizado o curso! -Eu tenho a certeza que você se lembra muito bem desse sentimento quando finalizou o seu curso. .

O que foi interessante foi o que aconteceu dez anos depois!

Estes são os resultados depois de uma década:

O grupo que não tinha objetivos escritos mas tinham pensado neles, produziam duas vezes mais resultados, em comparação com os 84% daqueles que não tinham objetivos quando deixaram Harvard.

O grupo com objetivos escritos produziam dez vezes mais resultados em média em comparação com os outros 97%.

Acho que estará de acordo comigo que as pessoas de Harvard têm uma reputação elevada, e  que sabem o que estão a fazer.

Portanto, se 3% foram capazes de gerar dez vezes mais dinheiro do que os outros pelos simples fato de terem escrito os seus objetivos,

Porque não faz o mesmo?

Estamos agora a viver a parte mais difícil da “recessão” e, ainda assim, as pessoas e as empresas ainda estão preocupadas que a situação econômica é desesperadora e não criam objetivo até a “crise” passar! .

A Pura Verdade…

A pura verdade, é que o ser humano marca sempre o início do ano com decisões e promessas, motivadoras e emocionais, como por exemplo: estar em melhor forma física, ser o melhor jogador do desporto X, ser um melhor pai, mãe, Aumentar a faturação da empresa em X%, realizar as férias de sonho para…etc.

Neste momento está a refletir em todos os objetivos e sonhos que pensou e visualizou  no início do ano, no entanto verifica que se não os escreveu poderá apenas ter passado por um pensamento de boas intenções que desvaneceu ao longo do tempo, e que neste preciso momento pode ainda não ter dado um pequeno passo para percorrer esse caminho que o levará ao objectivo.

Questiono: Quem disse que devemos estabelecer objetivos unicamente no início do ano? Porque esperar? Porque não começar agora?

As 3,5 razões clássicas pelas quais as pessoas (você incluído) não realizam os seus objetivos são:

1. Não registam por escrito os seus objetivos e não os colocam à vista.

2. Não elaboram um plano para conquistar os objetivos.

3. Não se comprometem ou não cumprem os compromissos assumidos.

3,5 Não estabelecem objetivos possíveis

“Livro- O pequeno Livro de Respostas sobre Vendas”

Certifique-se de que um dos propósitos estabelecidos neste momento é fazer um plano de ação para você, e para a sua empresa, onde colocará todas as tarefas a realizar para lá chegar.

Frase do dia:

“Estabelecer um objectivo não é o principal.

Devemos desenhar o caminho para lá chegar

e percorrer esse caminho.”

Tom Landy

Dica:

1. Aplique a técnica da “SOPA”:

a) Defina o seu [S]onho daqui a 5 anos

b) Defina o seu [O]bjetivo até ao final do ano que esteja relacionado com o seu [S]onho

c) Defina o seu [P]lano, i.e. divida o seu objectivo em pequenas tarefas e coloque no plano.

d) Entre em…..[A]ção!! Todos os dias consulte o seu plano de ação e realize uma pequena tarefa relacionada com o seu sonho.

ActionTIP: separe os seus objetivos em ações pequenas e fazer um pouco todos os dias, para que o plano de ação não pareça  impossível. .

Se você fizer isso, não vai demorar muito para produzir resultados dez vezes mais do que a sua concorrência!

Como posso ajudar a criar um plano estratégico da sua empresa?

De duas formas diferentes:

1. Escreva-me um e-mail para hmonteiro@actioncoachsetubal.com com o assunto: “Criar um plano” e partilhe todos os seus objetivos que você tem até ao final do ano. Caso tenha dificuldade, solicite uma reunião no e-mail que terei todo o prazer em ajudar.

2. Participar no próximo workshop que irei realizar- Saber Mais

 

Most Related Post

Controlo Empresarial, Gestão do Tempo, MindSet

A melhor estratégia Produtividade

Gerir melhor o seu tempo com um pequeno ato (Parte 1)

O seu relógio não para, e consequentemente o seu tempo escasseia!

Ao observar os resultados das suas ações, a realidade vai dizer se você foi bem sucedido, ou não, em alcançar os objetivos estabelecidos no início deste ano .

No que diz respeito aos seus objetivos do ano passado, às suas ações lhe permitiram estar numa destas três posições:

Você:

1. Superou os seus objetivos em larga escala em relação ao planeado.

2. Cumpriu com os objetivos que você se propôs a realizar.

3. Ficou abaixo dos seus objetivos que queria alcançar.

Infelizmente, na economia em que vivemos neste momento, existem muitos empresários que se estão esforçando ainda para alcançar os seus objetivos, estando ainda muito longe de alcançar os objetivos definidos no início do ano.

A BOA NOTÍCIA é que, independentemente da posição que você está, você pode ainda ter um excelente ano e superar as suas expectativas. No entanto, para conseguir isso, devemos de ter um ato simples que será apresentado de seguida.

Como Business Coach, estou bem ciente de que todos nós começamos este ano com grandes esperanças e determinação.Também estou ciente de que muitos objectivos e planos permanecem longe de se concretizarem.

SOLUÇÃO para gerir melhor o seu tempo

Então, o que especificamente você pode fazer com o fim de alcançar os objetivos que você definiu? Trabalhar mais? Trabalhar mais horas por dia?

Você tem poucas possibilidades de sucesso com estas estratégias, no entanto, estas são exatamente as estratégias que a maioria dos empresários vão fazer.

Porque não fazer algo totalmente diferente? Porque não começar por focar-nos e aprender a dizer NÃO!

A palavra “não” são três letras e uma sílaba. Mas você pode considerá-la como uma das palavras mais poderosas no seu vocabulário a nível do controlo do seu tempo.

É a palavra mais fácil de pronunciar no nosso vocabulário para estabelecer limites, mantendo bem delimitado os seus limites e mantendo claro sobre o que você quer alcançar e o que não quer que aconteça. É uma palavra de puro poder que vem de dentro e é dirigido para fora onde você controla a sua vida, o seu tempo, o seu negócio, o seu foco no seu objetivo.

Você vai ser muito mais produtivo, uma vez que:

1. “não”, não é uma palavra com conotação negativa, nem uma palavra egoísta.

Aprender a dizer “não”, é liberdade, pois liberta o seu tempo para se concentrar nas suas prioridades.

2. Você está em controle completo de como você investe o seu tempo e a sua vida em vez de o gastar.

Dizer “Não”, dá-lhe mais tempo e energia para trabalhar nos seus objetivos e ambições mais desafiantes.

3. Dizer “Não”, aumenta o valor das tarefas que você diz “sim”. O seu sucesso até ao final do ano exige uma pequena lista de coisas que dizem “Sim” e uma longa lista de “Não”.

A chave é o conhecimento, e priorizar a sua lista de “Sim”, e tão rapidamente quanto possível estabelecer limites firmes em torno da sua lista de “Não”.

Dizer “não” é a decisão mais estratégica que você pode fazer. Melhora a sua eficácia, e organização.

Você será bem sucedido com base em Quê, Onde e Como dizer “não”. E “NÃO”, você pode ter mais controle sobre sua vida e as atividades diárias – IMEDIATAMENTE!

Todos nós precisamos de dizer “NÃO”, mas a maioria não são muito bons nisso.

No mundo dos negócios, damos outro nome- “Priorização” ou “planeamento estratégico”.

O desafio está em retornar as nossas atividades do quotidiano e não deixar que o tempo nos “desfoque” da nossa estratégias, ou prioritizações marcados para alcançar o seu objectivo.

Infelizmente muitos empresários esquecem o plano estratégico, objetivos, e as prioridades, deixando que a palavra “Não” desapareça com o tempo.

Agora que você tem o seu plano para este último trimestre, você deve decidir dar o “NÃO” a posição estratégica que merece e melhorar sua produtividade e os seus resultados – IMEDIATAMENTE!

Dica:

1. Faça uma lista TOP 10 – tarefas consumidoras de tempo

2. Faça uma lista TOP 10 – tarefas geradoras de stress

3. Faça uma lista TOP 10 – tarefas relacionadas produtividade e alinhada com o objetivo

4. Faça uma lista TOP 10 – tarefas que mais gosta de realizar

Como posso ajudar a ter mais tempo?

De duas formas diferentes:

1. Escreva-me um e-mail para hmonteiro@actioncoachsetubal.com com o assunto: Gerir melhor o tempo e coloque o seu desafio que necessita de ver resolvido

2. Participar no próximo workshop que iremos realizar- Deseja ter mais tempo? Carregue aqui!

 

Most Related Post

Marketing, Nicho, Planeamento Estratégico

Sabe quais são os 3 Elementos chaves para uma campanha de Marketing de êxito?Alguém uma vez me disse que para ser bem sucedido, às vezes temos que ir mais devagar e às vezes temos que  ir mais rápido.

Isto é certamente verdadeiro quando se trata de publicidade e marketing.

Na minha opinião, grande parte do marketing e campanhas publicitarias que são feitas em pequenas e médias empresas não está a ser bem sucedida porque as empresas não estão a investir o tempo devido nos três principais elementos para uma campanha de sucesso.

Mesmo quando o empresário incidiu sobre os três elementos chave, o empresário “gasta” mais tempo com outras coisas que prejudicam a importância da campanha e o seu sucesso.

 

Eis os três elementos chave para uma campanha de Marketing de êxito

(classificadas por ordem de importância):

1. Público-alvo

2. Oferta

3. Copy

Muitos empresários “gastam” o seu tempo a definir o grafismo a usar e respectivos conteúdos, dedicando muito pouco tempo sobre o que vai falar a peça de Marketing de verdade, e questionar-se se a oferta irá preencher a necessidade que o público-alvo está procurando.

Na verdade, você deve investir o seu tempo da seguinte forma:

** 60% do seu tempo deve ser investido para determinar onde o seu público-alvo está, e como o irá encontrar

** 40% do seu tempo, você deve identificar o que seu público-alvo necessita, e como é que o seu produto o irá ajudar a resolver a necessidade que este tem. Nesta fase será importante também explicar como o seu público-alvo pode comprar e porque deve comprar.

** 10% do seu tempo, e por último e menos importante, como vai comunicar com o público-alvo a oferta que preparou. Você tem que pensar de uma forma simples de como irá comunicar a sua oferta para o seu público-alvo e como eles irão responder.

Simplesmente seguindo estes passos, garanto que a sua taxa de sucesso irá aumentar exponencialmente.

Frase do dia:

Marketing começa antes da primeira compra e continua para além da última venda

Dica:

1. Defina o público-alvo da qual deseja comunicar. Seja o mais específico possível.

2. Identifique onde está localizado

3. identifique quais as necessidades ou problemas que esse público-alvo tem, e que o seu produto ou serviço pode resolver.

4. Responda porque que é que esse público-alvo lhe deverá de comprar a si e não a concorrência

5. Explique como eles poderão comprar o seu produto

6. Defina os conteúdos da peça publicitária e respectivo canal que irá usar para promover a sua publicidade.

Como posso ajudar a criar uma campanha de Marketing de sucesso?

De duas formas diferentes:

1. Escreva-me um e-mail para hmonteiro@actioncoachsetubal.com com o assunto: “Campanha de Marketing” e partilhe comigo uma peça publicitária que eu próprio farei uma crítica construtiva da peça de Marketing criada. .

2. Participar na próxima sessão da Academia de negócios para empresários sobre marketing e Publicidade- Saber Mais

 

Most Related Post